Seja um distribuidor

Blog

Página InicialBlogCabelo5 dicas para lidar com o frizz no cabelo cacheado!

5 dicas para lidar com o frizz no cabelo cacheado!

Um penteado bem feito e bonito pode levantar a autoestima de qualquer um! Mas existe um fator muito comum, que muitas vezes altera o aspecto dos fios: trata-se do frizz (que ocorre quando o cabelo não se alinha corretamente e assume formas irregulares).

Como se sabe, os cabelos cacheados têm como características a formação da haste em espiral, fazendo com que a oleosidade natural no couro cabeludo não consiga chegar de uma maneira eficiente na extensão e nas pontas.

Além disso, outros fatores podem contribuir para a formação do frizz, como lavagens frequentes com água quente, excesso de produtos químicos e altas temperaturas do secador. Visualmente conseguimos identificar se os fios estão com está condição, basta procurar cabelos com fios distantes e aparência mais seca do que deveria.

Você conhece os fatores que levam o seu cabelo a ficar com estas características? Continue com a gente e veja 5 dicas para lidar com o frizz no cabelo cacheado!

1. Ressecamento capilar

Tudo o que pode ressecar seu cabelo é um fator agravante para o frizz. Longas exposições ao sol, poluição e uma má lavagem, são exemplos de fatores que retiram a água necessária para manter a proteção.

Para impedir o ressecamento é importante adotar medidas como um cronograma capilar dedicado à hidratação, visando uma lavagem adequada e uso de produtos corretos.

2. Umidade do ar

O clima muito úmido pode ser um grande inimigo, dado a grande quantidade de água suspensa no ar. Ao expor seu cabelo a um ar úmido, ele automaticamente passa a absorver mais água do que devia, liberando suas cargas.

Aqui novamente nos deparamos com a hidratação, pois com um bom cuidado na hora de hidratar, seu cabelo cria camadas de proteção contra a absorção da umidade local.

3. Excesso de procedimentos químicos

É comum que as pessoas gostem de utilizar químicos em seus cabelos, o que é algo natural e, algumas vezes, até benéfico, sejam tratamentos de alisamento, cremes de pentear e até mesmo o uso de tintas. Mas o que muitos esquecem é que qualquer coisa em excesso é prejudicial.

Como já é de se esperar, muitos procedimentos químicos danificam os seus fios, deixando expostos a todos os prejuízos possíveis. Nesse caso, a melhor dica seria a moderação e trabalhar conscientemente sem exageros com os níveis de química em seu cabelo.

4. Creme de pentear em excesso

O excesso do produto pode levar danos para o couro cabeludo, com aumento dos resíduos na região e o surgimento do frizz. Para evitar esse problema, o ideal é aplicar o creme de pentear somente no comprimento e pontas do cabelo ainda molhado.

Além disso, é importante utilizar produtos específicos para cabelos cacheados e em pequenas quantidades, de modo que seja suficiente para controlar o cabelo e fornecer maciez.

5. Envelhecimento capilar

O envelhecimento do cabelo também pode surgir e conforme envelhecemos, paramos de produzir os nutrientes capilares em quantidades desejadas para a saúde.

Portanto, a única forma real de evitar o frizz no cabelo cacheado é cuidando intensivamente dele. Dê atenção aos seus fios, evite exposições químicas e fatores naturais prejudiciais, sem deixar de criar seus cronogramas especializados na saúde, hidratação e reposição de nutrientes.

Além desses cuidados, é interessante ressaltar o uso da proteção de travesseiros adequados, como fronhas de cetim (já que este tecido não é prejudicial à integridade dos fios ao dormir).

Gostou do conteúdo e quer conhecer os produtos específicos para esse tipo de problema? Então, confira o site da Arvensis e veja as melhores linhas para lidar com frizz.

Postar um Comentário

!-- Google Tag Manager (noscript) -->